Resenha: Como ser um pirata

Autor: Cressida Cowell
Páginas: 224
Editora: Intrínseca 
Lançamento: 2010
Sinopse: Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais temido herói já visto em todo o território viking. Ele era bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo. Nessa aventura eletrizante Soluço conta mais do início de sua história – quando ele ainda tinha muito o que aprender sobre como usar uma espada, sobreviver a naufrágios, escapar de dragões homicidas e desvendar os mistérios de um tesouro pirata muito bem escondido. Aventura, ação, muito humor e ilustrações divertidíssimas: essa é a receita do sucesso da série de livros escrita e ilustrada pela inglesa Cressida Cowell – um universo irresistível que inspirou o filme de animação 3D Como treinar o seu dragão, sucesso de público no Brasil e no mundo, produzido pelos estúdios DreamWorks, que lançaram Shrek, Madagascar e Kung Fu Panda.

"Tão bom quanto o primeiro", esse foi o meu primeiro pensamento ao terminar de ler o livro "Como Ser Um Pirata", o segundo volume da série "Como Treinar o Seu Dragão", da autora Cressida Cowell. Essa nova aventura de Soluço é quase totalmente independente do primeiro livro, então nada de spoiler.

Nesse livro, Soluço, o descendente da tribo do Hooligans Cabeludos, está em apuros. Tudo começa com o treinamento para se tornar um pirata, essencial para todo bom viking, comandado pelo professor Bocão Bonarroto. Como de esperado, Soluço não é o melhor no treinamento de pirataria, talvez até seja o pior, enquanto seu primo Melequento, o supera em todas as matérias, tais como: "Luta de Espadas em Alto Mar", "Berro", "Como Amedrontar Forasteiros", "Violência Gratuita", "Pilhagem", "Treinamento de Dragão", "Descortesia Avançada", "Como Cuspir", etc.

Na primeira aula de "Luta de Espadas em Alto Mar" Soluço tem a chance de provar que é um verdadeiro espadachim (como seu tataravô, Barbadura, o Terrível, era), mas uma onda gigantesca e violenta parte o barco ao meio. Os meninos, desesperados e com medo de morrerem afogados, acabam achando algo para se segurar... um caixão, com um grande aviso: "CUIDADO! NÃO ABRA ESTE CAIXÃO." Quando chegam na praia os garotos, junto de Bocão, se perguntam de quem seria aquele caixão e a resposta está logo abaixo do primeiro aviso, escrito com uma tinta vermelha parecida com sangue: "Amaldiçoado seja aquele que perturbar os restos mortais de Barbadura, o Terrível, o maior pirata a ter aterrorizado as Ilhas Internas.". Barbadura, o Terrível, não era só o tataravô de Soluço (como eu já havia dito), ele também era o mais sanguinário e perverso dos piratas que já existiu. Ele desapareceu misteriosamente junto de seu tesouro e sua espada, a Lâmina da Tempestade, a maior espada viking de todos os tempos. 
Ciente disso, Soluço tenta impedir que o caixão seja aberto, algo terrível pode estar lá dentro, mas ao chegaram na tribo Stoico, o pai de Soluço, está decidido a abrir o caixão, imaginando que o tesouro de Barbadura pudesse estar lá dentro. É claro que, todos estavam com medo do que poderia haver dentro daquele caixão, mas ao abrirem o caixão, encontram um...corpo! Que, na verdade, não era exatamente um corpo, era um homem...vivo! Aquele homem era Alvin, o Fazendeiro Pobre e Honesto. E não havia só ele naquele caixão, havia também um mapa com a localização do tesouro de Barbadura.

Influenciados por Alvin, a tibo decide ir em busca do tesouro, localizado na Ilha da Caveira, uma ilha habitada por dragões cegos e surdo porém com um olfato aguçado e uma maldade estonteante. Dizia a lenda que, só o verdadeiro herdeiro dos Hooligans Cabeludos conseguiria encontrar o tesouro, por isso Stoico torce para que Soluço encontrasse o tesouro para que provasse o quão bravo e corajoso Soluço era. Mas, como Soluço pressentia, as coisas não saem como planejado e a vigem de volta para casa é muito mais perigosa do que imaginam, com traições surpreendentes, descobertas sensacionais e reviravoltas malucas.

Me apaixonei de verdade por essa série, pretendo comprar e ler a coleção toda <3. Como o primeiro livro, esse também não é exclusivo para crianças! Recomendo a leitura a todos aqueles que gostam de aventuras e fantasia!

Leia a resenha dos outros volumes: 

Como Navegar em uma Tempestade de Dragão (Ainda sem resenha)
Como Treinar o seu Viking (Ainda sem resenha)
Como Partir o Coração de um Dragão (Ainda sem resenha)
Como Roubar a Espada de um Dragão (Ainda sem resenha)
Como Roubar a Joia de um Dragão (Ainda sem resenha)
Como Treinar o seu Viking (Ainda sem resenha)

Quotes Prediletos: 

"O melhor nem sempre é o mais obvio."

"O passado é uma outra terra, que nós não podemos visitar. "

Nota:                

6 comentários :

  1. Já li "Como treinar o seu dragão" e gostei bastante. Espero um dia poder ler os outros volumes da série. Beijos,
    http://coemundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A série todo virou minha paixão! Espero que um dia você leia todos.

      Excluir
  2. Nunca li nada igual!!! Vou procurar saber mais sobre esses tipos de livros!
    Beijos ;)
    http://garotasliterais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure mesmo, a série todo é muito bacana! Beijos.

      Excluir
  3. Oii, Jacke! Vim da resenha de "Guia do herói para vencer dragões mortais" para cá porque só li o primeiro volume dessa série ainda! Senti um pouco a falta do Banguela na sua resenha, mas acredito completamente que seja tão legal quanto o primeiro, ainda mais tendo pirataria <3
    Beijos!

    bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, os livros dessa série vão se superando cada vez mais haha. Beijos.

      Excluir